Domaine de la Sénéchalière – O Mestre do Melon de Bourgogne

0D9A0171Encontramos Marc Pesnot concertando um trator para aparar as vinhas… ” isto também faz parte do trabalho do vigneron!”, com seu grande sorriso e sua super energia. Ele está localizado perto de Nantes, tendo as boas influências do oceano atlântico, e do rio Loire, nas temperaturas, no regime de chuvas, nos ventos que vindo do mar protegem o vinhedo de epidemias, um microclima especial dentro de uma região privilegiada. Além de tudo isso influencia no bom humor e na alta voltagem do Marc.
Caminhando entre as vinhas de Melon de Bourgogne (outro nome da casta Muscadet) e de Folle Blanche Marc nos explicou suas opções por trabalhar em agricultura orgânica, de continuar a trabalhar com o Melon de Bourgogne como seu avô e seu pai, e de insistir a trIMG_0347abalhar sobre um terreno de xistos, e de decidir a se “separar da AOC Muscadet”… Posições fortemente embasadas e coerentes com a vida e o método de “cuidados” com o vinhedo e com o vinho na sequência.
O conceito de tempo pode ser esquecido: novas vinhas são as que têm em torno de 25 anos, e as velhas vinhas tem de 50 a 80 anos. Marc e seus clientes japoneses, chamam suas vinhas de bonsais… Ainda produzindo, ainda permitindo o vinhateiro deixar as uvas se exprimirem….
O Mestre do Melon de Bourgogne, que acredita que temos que gostar do que fazemos e o vinho é uma questão a partilhar o tempo, o gosto, o presente, o seu trabalho é partilhar o que ele acredita e gosta.
Trabalhar com Marc é um prazer, de partilha e de detalhes.
03.07.15