VINHOS NATURAIS no RIO

Tintos despojados e brancos ariscos, todos sem deixar de terem uma personalidade única – VINHOS NATURAIS no RIO para a degustação que rolou no final de janeiro

O desafio de fazer uma seleção de vinhos naturais para apresentar no Rio a 40º era levar vinhos que despertassem o interesse bela beleza dos vinhos vivos com tintos leves e complexos, e brancos com boa acidez e ricos em sabores e aromas.

img_6614Começamos com vinhos do Roussillon, local quente colado ao mar e às montanhas dos      Pirineus com uma gastronomia de muito frutos do mar e um pouco de charcutarias bem temperadas. Assim os Tourbillon de la Vie 2015 Branco e Tinto, o Petit Taureau 2014 e o Violeta 2014 no Pic St Loup. Subindo na França, buscando vinhos monovarietais de uvas menos conhecidas mas muito agradáveis como a Gamay St-Romain e a Negrette , ( Référence 2014 e Vinum 2015) e ao final fechamos com dois vinhos explosivos do Vale do Loire: um branco que nasceu casado com ostras e outros frutos do mar (o Lá Bohème 2015) feito com uva Melon de Bourgogne, ou Muscadet, e um tinto leve e frutado feito com Cabernet Franc com maceração carbônica, o Brain de Folie 2015

Vinho natural = uvas orgânicas + vinificação e maturação sem produtos externos

img_6597O Rio sempre me surpreende, degustar Tourbillon de la Vie Branco 2015, em frente ao mar do Leblon e ser encharcado por uma tempestade que “apagou” montanha e mar… e fez imprimir na memória a imagem da força das ondas, no mar verde escuro, rajado de traços brancos… e de uma hora para outra a praia estava vazia, os copos ainda cheios, protegidos da chuva horizontal que fazia a todos ensopados e sorridentes. Como na música Tourbillon de La Vie cantada por Jeanne Moreau , no filme do Truffaut, Jules et Jim, neste momento canto eu para o mar:

img_6620“Quand on s’est connus,
Quand on s’est reconnus,
Pourquoi se perdre de vue,
Se reperdre de vue ?

Quand on s’est retrouvés,
Quand on s’est réchauffés,
Pourquoi se séparer ?”

 

 
Finalmente uma degustação onde eu (Paulo) e o Pierre fizemos juntos! Foi no OKAnossa, no Leblon , onde durante todo o sábado 28/1/17 , recebemos bastante gente e apresentamos essa nossa seleção .

Obrigado à Katharina e à Ondina, do OKAnossa , e a todos que apareceram para conhecer um pouco mais sobre os nossos vinhos naturais franceses.img_6611img_6616