Milan

País : França               Região : Provença

Henri MIlan: O VINHO EM LIBERDADE

O vinho, como todos os produtos de excelência dados pela natureza e pelo engenho humano é o resultado de um vegetal excepcional: a vinha.

0D9A0587

Compondo a vinha com a sensibilidade e o gosto do vinhateiro o domínio Milan cria vinhos originais e complexos, onde a harmonia das castas misturadas por terroir dá uma fineza e um “grão” equiparado apenas à Borgonha. Já os vinhos, são tratados com extrema delicadeza e cuidado para poderem criar uma sensação de plenitude no momento da sua degustação.
Parte da alquimia do vinho, os Milan acreditam que criar uma verdadeira equipe é uma grande vantagem para motivar, por degustações e por um salario decente, seu pessoal e de escuta-la nas suas reflexões pois para produzir um grande vinho é vital que todo mundo esteja envolvido.

No vinhedo Na adega / cantina
Superfície total 15ha Produtos externos, além do SO2 Não
Rendimento médio  3000 l/ha SO2 adicionado (mg/l)  0
Vindima manual Sim Vinhos por safra  5
Tipo de cultura orgânica Vinhos sem adição de SO2  3

“Foi plantando minha primeira videira aos 8 anos que eu me apaixonei por esta planta excepcional. Logo eu desenvolvi uma sensibilidade particular pela natureza que me rodeava com esse primeiro pé. Quando eu decidi me tornar vinhateiro eu sempre tentei fazer o mesmo com meus vinhos… O poder do vinho e da vinha faz parte de uma alquimia fina ao serviço do espírito. Ele é o produto mais facilmente assimilado pelo sangue humano e evidentemente o mais próximo do espírito humano. Fazer vinho não é uma técnica, é um acompanhamento do que nos propõe a vinha. Ela nos entrega um fruto e nós fazemos uma parcela da eternidade. Nenhuma máquina, nenhum processo, nenhum aditivo é indispensável. A condição primordial é a agricultura orgânica. E também a harmonia criada no seu entorno, por uma pratica biodinâmica no espírito. … A experiência que adquiri com a produção de vinhos sem sulfito me confirma que a estabilidade de um vinho “limpo” é, hoje em dia, evidente. Não é uma questão de pureza, é uma questão de equilíbrio: você recebe da vinha e de todos os vegetais em geral, aquilo que você deu para eles”
Henri Milan, 26 de maio de 2012 (tradução livre Garrafa Livre)

http://www.domaine-milan.com/

CERTIFICAÇÕES ORGÂNICAS e SELOS

ab-france


Presença em restaurantes com estrelas Michelin

1 estrela
Brasil –
TUJU(SP)
França – 
La Tour d’Argent (75)

2 estrelas
França –

3 estrelas
França – Pierre Gagnaire (75), Auberge du Vieux Puits (11)


Vinhos
tintos MGO3, Le Vallon, Papillon
brancos Le Grand Blanc


Artigos sobre o vigneron: